Vestibular 2017Novembro AzulAtenção	ESPECIALIZAÇÃO EM:Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica com ênfase em Acompanhamento 
Farmacoterapêutico	ESPECIALIZAÇÃO EM:Farmácia Clínica e Prescrição Farmacêutica com ênfase em Acompanhamento 
FarmacoterapêuticoDia do AdministradorVestibular Inverno 2017Quero BolsaFaculdade Dom Bosco

Detalhes da Notícia


ALUNOS DO CURSO DE FARMÁCIA SE TORNAM VOLUNTÁRIOS PARA DOAÇÃO DE MEDULA ÓSSEA

()

Alunos do 9º período do Curso de Farmácia da Faculdade Dom Bosco de Cornélio Procópio se cadastraram na noite de quarta-feira, 20, como voluntários para doação da medula óssea. A atividade ocorreu na sede do curso na Avenida XV de Novembro com a presença de representantes do Banco de Sangue da 18ª Regional de saúde. De acordo com a coordenadora do curso, Alide Marina Bio Ferraz, as chances de um indivíduo encontrar um doador ideal entre irmãos (mesmo pai e mesma mãe) é de 25%. “Encontrar um doador compatível é muito difícil. Então, a pessoa que tiver a oportunidade, ela será a única com condições de salvar uma vida”, acrescentou. Por isso, lembra ela, é fundamental que haja um grande número de voluntários para esse fim. Para realizar o cadastro, os interessados devem procurar a regional de saúde munidos do cartão do SUS. Em seguida, será feita a coleta de 05 ml de sangue para o teste de compatibilidade. “No futuro, o cadastrado poderá ser chamado e deverá passar por vários exames até a hora do transplante, podendo neste período, até desistir se quiser. No entanto, quem já teve a chance de fazer a doação afirma categoricamente que o gesto é uma bênção de Deus, ou seja, ser o único capaz de poder salvar a vida de um semelhante”, explicou. MEDULA ÓSSEA É um tecido biológico líquido que preenche os ossos do corpo humano e responde pela produção dos elementos sanguíneos (glóbulos brancos, vermelhos e paquetas). Já o transplante é um tipo de tratamento que permite a substituição de uma medula óssea de um paciente por outra de um doador saudável e compatível. Esta compatibilidade é determinada por um conjunto de genes localizados no cromossoma 6, que devem ser iguais entre doador e receptor.