AVALIAÇÃO DA MOTIVAÇÃO DE ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO PARA A PRÁTICA DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

Denilson Augusto Guerreiro, Renan Henrique Pinheiro, Wagner Rogério Da Silva

Resumo


O presente trabalho discute os usos do termo motivação na psicologia, apresentado resumida e superficialmente as origens históricas da pesquisa da motivação humana e alguns problemas epistemológicos na conceituação de motivos. O presente trabalho traz ainda uma pequena amostra da variedade das definições de motivação encontradas nos compêndios de psicologia. Serão discutidos também os conceitos de ciência, psicologia e a questão das hierarquias nos motivos humanos, enfatizando-se a necessidade de reconhecer como relevantes, no estudo da motivação, processos de interação: (1) como certos comportamentos, em determinadas condições, invariavelmente ocorrem
depois de certas alterações no meio ambiente; (2) como certas alterações no ambiente, em determinadas condições, são seguidas por certos comportamentos e não por outros possíveis; (3) como certos comportamentos ocorrem ciclicamente, mesmo na ausência de alterações no ambiente; (4) como certos comportamentos, em determinadas condições, ocorrem mesmo na ausência de alterações no ambiente; (5) como certas alterações no ambiente passam a fazer parte de interações organismo-ambiente e outras não.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.